"AMAR É QUANDO A ALMA MUDA DE CASA..."
MÁRIO QUINTANA.

segunda-feira, 10 de julho de 2017


Amigo simplesmente é!
Amigo não julga, não malda, não muda
Não some, não escanteia, não ignora
Não inveja, não compete, não manipula
Nem faz "a social" só pra parecer legal
Aliás, amigo não deseja seu mal
Amigo não te deixa no vácuo
Não te mete em confusão
É aquele que te estende a mão
Depois que brota a amizade
Não se faz distinção
"Esse é amigo, aquele não é mais não"
Pois, quando se reconhece um amigo
Se ganha um irmão.
Mesmo em uma eventual confusão
O amigo vai querer ouvir o seu lado
A sua versão
Porque conhece o teu coração
E o amigo sempre vai te tratar igual
Porque não consegue te tratar mal
E logo se percebe quando não é assim
Palavras ao vento, do que não vai acontecer
"Um dia a gente combina!
Gosto tanto de você!
Vamos marcar! Vamos sim!
Te ligo depois! A gente se vê..."
Coisas que um amigo nunca vai dizer
A menos que possa fazer.
Amigo não deixa oportunidade passar
Amigo quer ser e estar
Amigo não desconversa
Não está sempre com pressa
Te ouve e se interessa
Amigo tem consideração
Participa, dá atenção
Ajusta a agenda, a rotina
Arruma um jeito de te encontrar
Amigo não dá rasteira
não cria armadilhas
Não dá canseira
Não tem má-intenção
Amigo se alegra com suas conquistas
Preserva seus segredos
Se faz presente nas alegrias
É um bálsamo no dia-a-dia
Amigo não se aproveita da correria
Para a distância justificar
O.amigo arruma tempo pra te encontrar
Não te acha um peso para carregar
Na tristeza, amigo é solidariedade
Mas, às vezes isso se confunde com amizade
Amigo não é decepção, tristeza e rancor
Amigo é carinho e amor
Amigo sente necessidade da proximidade
Participa da sua vida, aconselha, opina
Amigo é carinho na sinceridade
Não é veneno ou maldade
Amigo sente falta da companhia
Quer conversar e encontrar sempre que dá
Quando o amigo é de verdade
Não guarda raiva, não tem maldade
Guarda memórias, segredos, histórias
Porque amigo é luz, é amor.
Se não é assim, pode ser o que for
Mas, amigo não é não meu senhor.
(Ana Paula Moraes)

Um comentário:

Clarice Rebelo disse...

O seu comentário aguarda moderação.

Olá gostei muito do seu blog. Ótimos poemas, ótimo conteúdo.

Se puder visite a minha página também https://apoesiaemcena.blogspot.com.br/

obrigada e boa semana.